A família do jovem, Jucicleudo Aureliano de Sousa, que morreu na última quinta-feira (22), vitima de um Derrame Cerebral, lamentou o péssimo atendimento, por parte do hospital e Maternidade Caçula Leite, na cidade de Conceição e diz que houve atraso na transferência do jovem, depois que o médico de plantão suspeitou que ele estaria acometido de um Acidente Vascular cerebral (AVC).

De acordo com uma postagem feita por uma tia da vítima na sua página pessoal de Facebook, o jovem deu entrada no hospital, por volta das 17h da última quinta, com forte dor de cabeça, que já se espalhava pelo pescoço, ocasionando vômito. Segundo a postagem feita pela mulher, os sintomas não foram averiguados pelo médico de plantão, que mandou que fosse feita a transferência do jovem, em decorrência da ausência de equipamentos adequados na unidade hospitalar.

Ainda de acordo com a postagem da mulher, na unidade hospitalar não dispunha de uma ambulância para fazer a transferência imediata, dada à gravidade do problema do paciente. Segundo a mulher, o veículo só foi colocado à disposição, cerca de seis horas que o jovem dera entrada no hospital.
No entanto, ao dá entrada no hospital Regional de Patos, o jovem não resistiu e veio a óbito.


Tribuna10
Via Vale do Piancó Notícias 

Compartilhar:
Alaninfo

ALEX GONÇALVES

Alex Gonçalves é radialista DRT4220-PB.Natural de São José de Piranhas, fomado em Letras pela UFCG. Atua no ramo de jornalismo há 15 anos, foi editor repórter do portal Radar Sertanejo durante nove anos.É funcionário público estadual desde 2010 e atualmente apresenta o programa Radar em Alerta na Terra Nova FM.

0 Comentários até agora, adicione o seu