A vereadora, Cely Arrais (PDT), de Aiuaba (município do Sertão dos Inhamuns, distante 458 km de Fortaleza), foi morta a tiros na tarde desta terça-feira, 21, na própria residência. De acordo com a polícia, seis homens desceram de dois veículos e fizeram vários disparos de arma de fogo contra a residência da pedetista que fica na localidade de Bom Nome, distrito de Aiuaba.

A parlamentar foi atingida pelos disparos e encaminhada para o hospital de Pio IX, no Piauí. A vereadora não resistiu aos ferimentos e morreu no local. A Cidade recebeu reforço policial para tentar identificar os responsáveis pelo crime. O clima no distrito é de tensão entre os moradores.

A vereadora de 35 anos havia sido reeleita para o seu segundo mandato na Câmara Municipal. No pleito de outubro de 2016, ela obteve 396 votos e ficou em 10° lugar entre 11 vereadores eleitos. A polícia ainda investiga as causas do homicídio. O irmão dela, que era proprietário de um clube, foi assassinato recentemente.

Crimes
Não é a primeira vez que crimes políticos ocorre no município. José Valmir de Sousa, de 58 anos, vereador de Aiuaba, também foi morto a tiros em setembro do ano passado durante a campanha eleitoral. O político, candidato à reeleição pelo PSDB, participava de uma carreata seguida de comício, no distrito de São Nicolau. Na época, o presidente da Câmara decretou luto oficial.
 


Tribuna10
Com Blog o Povo

Compartilhar:
Alaninfo

ALEX GONÇALVES

Alex Gonçalves é radialista DRT4220-PB.Natural de São José de Piranhas, fomado em Letras pela UFCG. Atua no ramo de jornalismo há 15 anos, foi editor repórter do portal Radar Sertanejo durante nove anos.É funcionário público estadual desde 2010 e atualmente apresenta o programa Radar em Alerta na Terra Nova FM.

0 Comentários até agora, adicione o seu