O vereador João Bosco (DEM), de Bonito de Santa Fé protocolou na Câmara  um projeto de lei que tem o objetivo de ampliar o acesso dos deficientes físicos a prédios públicos  e privados na cidade.

O projeto, de nº 012/2017, torna obrigatória a construção de rampas em todas as guias de calçadas, praças, jardins, parques e outros prédios públicos da cidade como também, determina aos proprietários de prédios privados as devidas adequações.

O vereador diz que chega a ser desumana a falta de condições proporcionadas para que eles [deficientes físicos] possam se locomover tranquilamente. A dificuldade, segundo Bosco, vai desde calçadas altas, meios fios altos até estabelecimentos com obstáculos para cadeirantes. “É necessário que a atenção a essa classe seja feita de forma eficiente e abranja todas as repartições públicas e particulares,”  justificou a vereador que é da base de oposição ao governo municipal de Bonito de Santa Fé.
 
A matéria está tramitando nas comissões da Casa e deve ser colocada para votação em plenário  na sessão da sexta-feira (31).
 
As sessões ordinárias da Câmara de Bonito de Santa Fé acontecem todas as sextas-feiras às 15h30. 

POR ALEX GONÇALVES 
Tribuna10: 28/03/2017 às 11h11

Compartilhar:
Alaninfo

ALEX GONÇALVES

Alex Gonçalves é radialista DRT4220-PB.Natural de São José de Piranhas, fomado em Letras pela UFCG. Atua no ramo de jornalismo há 15 anos, foi editor repórter do portal Radar Sertanejo durante nove anos.É funcionário público estadual desde 2010 e atualmente apresenta o programa Radar em Alerta na Terra Nova FM.

0 Comentários até agora, adicione o seu