A  Empresa geradora de energia da Paraíba, Energisa, vem se consolidando como a campeã de reclamação no estado, haja vista os serviços de pouca qualidade e a falta de compromisso com o consumir pagador da conta.
 
Este início de semana um caso comprovou a falta de consideração aos clientes. O fato aconteceu na cidade de São José de Piranhas, interior do estado. O mototaxista conhecido como, João, solicitou da empresa, por meio de documento, o corte de uma árvore em frente à casa dele cujos fios elétricos estão embutidos nos galhos, o que provoca eminente perigo.

Mesmo ciente que os fios podem provocar incêndios, colocando em perigo quatro moradores da residência,  a Energisa  afirmou que só pode cortar a árvore em um prazo de 120 dias o que revoltou os moradores. O dono da casa revelou que vai entrar com um processo na justiça contra a empresa.

Pagar pelo uso do solo- poucos dias a Câmara de São José de Piranhas aprovou um projeto, de autoria do vereador Celso Gonçalves (PCdoB) que será sancionado pelo executivo estabelecendo a cobrança de uma taxa por cada poste que a Energisa implantou e implantará na cidade e na zona rural. O projeto é de autoria do vereador, Celso Gonçalves (PCdoB).

Outras cidades- Outros municípios do Alto Sertão, através das Câmaras  Municipais também vão adotar a mesma medida a qual foi tomada pelo legislativo de São José de Piranhas, onde vão votar projetos que estabelecem a cobrança pelo uso do solo por parte da Energisa.

Pisca pisca- No último final de semana, devido a uma chuva, moradores da região de Cajazeiras ficaram revoltados com a falta de energia. Por várias vezes a luz apagava e voltava, alguns consumidores tiveram aparelhos queimados e vão acionar a justiça contra a empresa.

Por Tribuna10
Foto ilustrativa

Compartilhar:
Alaninfo

ALEX GONÇALVES

Alex Gonçalves é radialista DRT4220-PB.Natural de São José de Piranhas, fomado em Letras pela UFCG. Atua no ramo de jornalismo há 15 anos, foi editor repórter do portal Radar Sertanejo durante nove anos.É funcionário público estadual desde 2010 e atualmente apresenta o programa Radar em Alerta na Terra Nova FM.

0 Comentários até agora, adicione o seu