A prefeitura de Monte Horebe, através da Secretaria de Saúde, continua com a campanha de vacinação contra a Influenza - comumente conhecida como gripe, é uma doença viral febril, aguda, geralmente benigna. No dia 13 de maio será realizado o Dia D de vacinação contra a influenza em todo o Brasil.
 
A secretária municipal de saúde, Ilzanara Dias, orienta a população horebense a procurar os postos de saúde. “Apesar de a Campanha se estender até o dia 26 de maio, orientamos às pessoas que procurem se vacinar o quanto antes, pois a época de maior circulação dos vírus da gripe já começou e essa é a única forma de se proteger de verdade”. Na cidade a vacinação está sendo realizada no posto médico, ao lado da Prefeitura. Em Monte Horebe  todos os postos estarão preparados para imunizar à população.

Podem se vacinar pessoas com 60 anos ou mais de idade, crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade (quatro anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), trabalhadores da saúde, grupos portadores de doenças crônicas e outras condições clínicas especiais, além de adolescentes e jovens de 12 a 21.
A vacina é aplicada através de injeção intramuscular e leva até duas semanas para fazer efeito, podendo causar reações como febre, mal estar e dor no local da injeção. Qualquer reação é preciso procurar o posto de saúde onde foi vacinado para ser orientado.

A vacina garante proteção contra três tipos de vírus: H1N1, Brisbane e H3N2 e é necessário ficar atento às restrições: Pessoas com alergia a ovo não devem tomar a vacina e as que estão com alguma infecção aguda (devem aguardar o término do tratamento).

A influenza é uma doença viral de transmissão respiratória com os seguintes sintomas: febre alta, dor no corpo, tosse, desânimo, dor de cabeça, podendo apresentar insuficiência respiratória e causar a morte.

Gestantes recebem repelentes- A Prefeitura de Monte Horebe através da Secretaria Municipal de Saúde e da Secretaria Municipal de Assistência Social, distribuiu repelentes para 33 mulheres grávidas que fazem parte do Programa Bolsa Família no município. A ação faz parte dos planos estadual e municipal de enfrentamento ao mosquito Aedes aegypti. 

De acordo com a secretária de saúde o objetivo é proteger mãe e bebê durante o período gestacional. “Sabemos que muitas doenças são transmitidas por meio do mosquito Aedes Aegypti e que as gestantes devem está protegidas. Nossa intenção é proteger mãe e bebê e, assim, tentar evitar, a longo prazo, o surgimento de outras doenças.

Durante a entrega dos repelentes, foram explanadas as condições e maneiras de utilização do repelente. O Ministério da Saúde está enviando dois frascos de repelentes para as gestantes do município. Foram explicados ainda os detalhes sobre como prevenir a doença e eliminar os criadouros do mosquito Aedes Aegypti, como, por exemplo, evitar água parada, acúmulo de lixo e optar por roupas cobertas e de tons neutros. 

Por Alex Gonçalves 
Tribuna10

Compartilhar:
Alaninfo

ALEX GONÇALVES

Alex Gonçalves é radialista DRT4220-PB.Natural de São José de Piranhas, fomado em Letras pela UFCG. Atua no ramo de jornalismo há 15 anos, foi editor repórter do portal Radar Sertanejo durante nove anos.É funcionário público estadual desde 2010 e atualmente apresenta o programa Radar em Alerta na Terra Nova FM.

0 Comentários até agora, adicione o seu