O começo da manhã desta terça¬feira, 9, foi trágico em Itaporanga. Duas irmãs, Ana Cristina Lima da Silva, de 7 anos, e Maria de Lima da Silva, de 5, morreram por afogamento enquanto tomavam banho em um pequeno açude localizado a cerca de 200 metros de casa, que fica no sítio Riachão, naquele município.

Elas são de uma família de agricultores bastante humilde. Segundo informações de familiares, quatro crianças foram banhar no açude sozinhas e as duas irmãs, que não sabiam nadar, terminaram se afogando.
Outras informações dão conta de que as meninas costumavam ir com a mãe, que tem mais três filhos, mas hoje foram desacompanhadas.

O fato foi por volta das 8h. Toda a família está em profundo choque emocional. Ao receber que as meninas tinham se afogado, as outras crianças gritaram por socorro.
Um tio e outro popular correram ao local e retiraram os corpos do açude e levaram para casa na esperança de que pudessem salvá-las.

As meninas foram colocadas na cama e o Samu acionado, mas, quando a equipe médica chegou à residência, elas já estavam sem vida.
As crianças são filhas da dona de casa Rita Henrique da Silva, que não suportou o grande abalo emocional e desmaiou, sendo conduzida para o hospital em uma viatura da PM. O pai, conhecido como Neném, que estava trabalhando, quando chegou à residência, desesperou-se e correu aos arredores da casa em prantos e gritos.

As crianças residiam com os pais na casa do avô paterno, conhecido como Chico Lambu, ex¬vigilante municipal. As irmãs estudavam na cidade no período da tarde.

Tribunba10
Fonte Folha do Vali

Compartilhar:
Alaninfo

ALEX GONÇALVES

Alex Gonçalves é radialista DRT4220-PB.Natural de São José de Piranhas, fomado em Letras pela UFCG. Atua no ramo de jornalismo há 15 anos, foi editor repórter do portal Radar Sertanejo durante nove anos.É funcionário público estadual desde 2010 e atualmente apresenta o programa Radar em Alerta na Terra Nova FM.

0 Comentários até agora, adicione o seu