Sem o esgotamento sanitário, São José de Piranhas pode ficar sem receber águas da transposição. A cidade que fica no Sertão da Paraíba será, talvez, a mais privilegiada pela águas da transposição que segundo o governo federal, chegará ao município ainda em 2017 com a conclusão das obras do Eixo Norte.

Mas o problema é muito mais grave do que se pensa.  Mesmo com a conclusão das obras,  a água só pode chegar até o município caso a cidade  tenha um sistema de esgotamento sanitário para fazer a coleta e tratamento de esgoto. A cidade não cumpriu este pré-requisito, imposto pelo Ministério do Meio Ambiente, e pode não receber as águas do ‘Velho Chico’.
 
O esgotamento em São José de Piranhas foi iniciado por uma empresa contratada pelo governo do estado no final de 2013, mas abandonou a obra com 51% concluída. A empresa foi embora e deixou para traz o rastro de destruição e escombros.

O governo estadual sequer fala em reiniciar o esgotamento e a população corre o sério risco de ficar sem águas do “Velho Chico” se nada for feito. 

Por Alex Gonçalves 
Tribuna10

Compartilhar:
Alaninfo

ALEX GONÇALVES

Alex Gonçalves é radialista DRT4220-PB.Natural de São José de Piranhas, fomado em Letras pela UFCG. Atua no ramo de jornalismo há 15 anos, foi editor repórter do portal Radar Sertanejo durante nove anos.É funcionário público estadual desde 2010 e atualmente apresenta o programa Radar em Alerta na Terra Nova FM.

0 Comentários até agora, adicione o seu