A ex-prefeita de Diamante Marcília Mangueira Guimarães terá de pagar multa de R$ 52 mil pela suposta prática de conduta vedada, em razão de ter veiculado no site da prefeitura propaganda institucional em período proibido.

Na sentença, publicada no diário eletrônico do Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB), o juiz Carlos Gustavo Guimarães Albergaria Barreto, da 33ª Zona Eleitoral, destacou que “o fato da prefeita não ter disputado a reeleição não afasta a incidência da norma, vez que a proibição veda a veiculação de propaganda institucional referente ao âmbito da circunscrição do cargo em disputa, haja ou não participação do agente público no pleito eleitoral”. A multa varia de R$5.320,50 a R$106.410,00.

Após a decisão do Juiz em Itaporanga, a ex-prefeita havia recorrido com embargos a instância superior do TRE-PB, porém, a corte decidiu por unanimidade que os rejeitar os embargos.
O Acórdão nº 251/2017 de 29/06/2017, foi publicado nesta quarta-feira (05), no Diário de Justiça Eletrônico.

Tribuna10
Com Diamante On Line

Compartilhar:
Alaninfo

ALEX GONÇALVES

Alex Gonçalves é radialista DRT4220-PB.Natural de São José de Piranhas, fomado em Letras pela UFCG. Atua no ramo de jornalismo há 15 anos, foi editor repórter do portal Radar Sertanejo durante nove anos.É funcionário público estadual desde 2010 e atualmente apresenta o programa Radar em Alerta na Terra Nova FM.

0 Comentários até agora, adicione o seu