Quatro das seis entidades que representam os policiais militares da Paraíba estão na linha mais crítica ao Governo Ricardo Coutinho, com a recente vitória do Coronel Maquir na Associação dos Inativos da PM. São elas: o Clube dos Oficiais, Assemp (Associação das Esposas, Mães e Pensionistas), Asspom (Associação dos Policiais Militares) e a Assinpm (Associação dos Inativos).

O grupo, que representa a grande maioria dos policiais, ainda conta com a ONG Abolição Militar, que articula ações em favor da categoria. Alinhadas com o governador ficaram apenas a Caixa Beneficente e a Associação de Cabos e Sargentos. Segundo Zoraide Gouveia, presidente da Assemp, “essa vitória do Coronel Maquir teve um gosto especial”.

E arrematou: “Agora vamos unir forças para buscar os direitos, a valorização e o respeito por todos os policiais inativos e ativos e levantar mais alto nossas bandeira, que é paridade entre ativos e inativos pois esses são os que mais sofrem com esse Governo que não tem como prioridade a segurança pública e demostra a todo tempo que o descaso, desrespeito com os nossos guerreiros maridos e filhos que deram sangue, suor e lágrimas e os que ainda dão pois estão na ativa, pela sociedade paraibana.”

Tribuna10

Compartilhar:
Alaninfo

ALEX GONÇALVES

Alex Gonçalves é radialista DRT4220-PB.Natural de São José de Piranhas, fomado em Letras pela UFCG. Atua no ramo de jornalismo há 15 anos, foi editor repórter do portal Radar Sertanejo durante nove anos.É funcionário público estadual desde 2010 e atualmente apresenta o programa Radar em Alerta na Terra Nova FM.

0 Comentários até agora, adicione o seu