Um dia após a agência do banco do Brasil de São José de Piranhas ser explodida por bandidos, crime ocorrido na madrugada desta segunda-feira (16), o prefeito Chico Mendes (PSB) viajou a Brasília onde terá nesta terça-feira (17), em companhia do senador, Raimundo Lira (PMDB), uma audiência com o presidente executivo do Banco do Brasil,  Paulo Caffarelli.

Em contato com a redação do Tribuna, o prefeito Informou que a sua viagem à capital federal era para tratar de outros assuntos ligados a parcerias entre o governo federal e, o município, a exemplo da adutora. Mas como aconteceu este fato inesperado [crime contra a agência do banco do Brasil] ele teve de recorrer, às pressas, ao senador Lira para agilizar uma audiência com o presidente do executivo do banco com o objetivo de viabilizar a possibilidade de a agenciar voltar a funcionar em breve.

O intuito do prefeito piranhense é juntar forças políticas para que a população, de São José de Piranhas, não fique prejudicada sem a agência bancária que atende, tanto pessoas do município como de cidades vizinhas.

Nesta segunda-feira (16), a população sofreu o primeiro impacto sem o funcionamento da agência que está parcialmente destruída. Muitas pessoas tiveram de se deslocar até à agência mais próxima que fica na cidade de Cajazeiras.

A senhora, Maria de Lurdes, disse que precisou depositar um cheque de R$ 300 e  gastou R$ 40 na viagem, incluindo passagens de táxi e alimentação.

Na cidade o clima é de perda. Os comerciantes estão aflitos e, a população vive dias dramáticos. 

Por Alex Gonçalves 
Tribuna10

Compartilhar:
Alaninfo

ALEX GONÇALVES

Alex Gonçalves é radialista DRT4220-PB.Natural de São José de Piranhas, fomado em Letras pela UFCG. Atua no ramo de jornalismo há 15 anos, foi editor repórter do portal Radar Sertanejo durante nove anos.É funcionário público estadual desde 2010 e atualmente apresenta o programa Radar em Alerta na Terra Nova FM.

0 Comentários até agora, adicione o seu