O ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), durante coletiva de imprensa com jornalistas minutos antes de sua exposição “Seminário Cidades Democráticas”, no Espaço Cultural, negou que o PT esteja trabalhando para que ele seja o candidato do partido em 2018.

“Não estamos trabalhando com essa hipótese. Estamos convencidos de que ele será o candidato”, comentou.
Ele ainda lembrou que seu nome não é o único que pode ser utilizado como opção para o comando executivo nacional em 2018. Dentre os citados, está o governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB).

"Está cheio de bons colaboradores, eu não sou o único. Muito governador bacana, não só do PT. O governador da Paraíba, que é uma pessoa próxima ao presidente Lula, em Pernambuco, o governador do PSB, tem o Ciro Gomes. O brasil tem quadros”, disse.

Haddad enfatizou a importância do Legislativo municipal no processo de escutar as demandas das camadas sociais na hora de pensar em políticas para a cidade.
 “Os vereadores têm uma importância fundamental, representam e colaboram com a municipalidade e para o bom debate. Eles são reféns do interesse social das cidades”, destacou.

Organizado pelo vereador Tibério Limeira e parte das comemorações de 70 anos da Câmara Municipal de João Pessoa, o seminário começou na manhã desta quinta e teve como objetivo mobilizar a sociedade sobre a importância de participar do processo de revisão do Plano Diretor da Capital.

Compartilhar:
Alaninfo

ALEX GONÇALVES

Alex Gonçalves é radialista DRT4220-PB.Natural de São José de Piranhas, fomado em Letras pela UFCG. Atua no ramo de jornalismo há 15 anos, foi editor repórter do portal Radar Sertanejo durante nove anos.É funcionário público estadual desde 2010 e atualmente apresenta o programa Radar em Alerta na Terra Nova FM.

0 Comentários até agora, adicione o seu