O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, através de decisão da 2ª Câmara julgar a unanimidade irregular nomeações de Agentes Comunitários de Saúde no Município de Bonito de Santa Fé, exercício 2015 da ex-prefeita, Aderi Caju.

Ainda Recomendou a abertura de Processo Administrativo no âmbito da Prefeitura do Município de Bonito de Santa Fé, para fins de apuração do apontado pelo órgão de instrução, no tocante à acumulação de cargos atribuída ao ACS José Wanderson Leandro de Sousa (fl.329); Aplicar de multa, no valor de R$ 2.000,00 (dois mil reais), a gestora responsável, Srª Alderi de Oliveira Caju, correspondente a 43,26 UFR-PB, com base no art. 56 II da LOTCE/PB, assinando-lhe o prazo de 60 (sessenta) dias, para efetuar o recolhimento ao Tesouro Estadual, à conta do Fundo de Fiscalização Orçamentária e Financeira Municipal, sob pena de cobrança executiva.

O caso foi após auditoria do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba.
Julgar ilegais e não conceder registro às nomeações dos ACS´s: Aclênia Leite Henrique; Andrea Araruna Ramalho; José Wanderson Leandro de Sousa; Josefa Lacerda Lopes de Assis; Luana de Sousa Xavier e Rosa Maria de Lima Lacerda, bem como dos ACE´s: Adriano da Silva Lima; Humberto Pereira de Morais; José Isaac de Lima e Robson Pereira de Sousa.

Tribuna10
Com Repórter PB

Compartilhar:
Alaninfo

ALEX GONÇALVES

Alex Gonçalves é radialista DRT4220-PB.Natural de São José de Piranhas, fomado em Letras pela UFCG. Atua no ramo de jornalismo há 15 anos, foi editor repórter do portal Radar Sertanejo durante nove anos.É funcionário público estadual desde 2010 e atualmente apresenta o programa Radar em Alerta na Terra Nova FM.

0 Comentários até agora, adicione o seu