O ex-presidente e senador Fernando Collor de Mello (PTC-AL) anunciou, nesta sexta-feira (19), sua pré-candidatura ao Palácio do Planalto.
“Tenho uma vantagem em relação a alguns candidatos porque já presidi o País. Meu partido todos conhecem. Todos sabem o modo como eu penso e ajo para atingir os objetivos que a população deseja para a melhoria de sua qualidade de vida”, disse o parlamentar, durante entrevista a uma rádio de Arapiraca, em
Alagoas, que pertence ao grupo de comunicação de sua família.
 
Collor, o primeiro chefe da República a sofrer impeachment, comentou sobre reformas, principalmente a política, que deve diminuir o número de partidos. “Alguns avanços vêm sendo atingidos, mas muitas outras reformas precisam ser executadas, sobretudo a política, para que possamos ter um conjunto de partidos que representem as faces ideológicas de uma sociedade. 

Não podemos conviver com 38 partidos, dos quais 27 têm representação no Congresso Nacional. Isso traz uma possibilidade de ingovernabilidade muito grande”, argumentou.

Tribuna

Compartilhar:
Alaninfo

ALEX GONÇALVES

Alex Gonçalves é radialista DRT4220-PB.Natural de São José de Piranhas, fomado em Letras pela UFCG. Atua no ramo de jornalismo há 15 anos, foi editor repórter do portal Radar Sertanejo durante nove anos.É funcionário público estadual desde 2010 e atualmente apresenta o programa Radar em Alerta na Terra Nova FM.

0 Comentários até agora, adicione o seu