O alto número de acidentes no trânsito registrado em todo o país e no estado chama atenção das autoridades públicas. Para o superintendente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB), Agamenon Vieira, a municipalização do trânsito ajudaria a melhorar o controle do tráfego de veículos e possibilitaria uma atenção mais específica a cada setor.

“Municipalizar o trânsito porque vai ter uma quantidade de agentes maior em cada município, que vai cuidar da fiscalização e cuidar da educação para o trânsito”, considerou Agamenon.

O consumo de bebida alcoólica somado à direção ainda é uma das causas que mais provocam acidentes de trânsito. No entanto, Agamenon alertou que o uso de celulares enquanto dirige faz com que muitos motoristas provoquem acidentes. “Os acidentes em decorrência de gente que está usando celular estão superando aqueles que estão ingerindo bebida alcoólica”, comentou o superintendente.

Atualmente, no estado da Paraíba, 25 cidades já possuem o trânsito municipalizado e outras oito estão com o processo em andamento. Os municípios integrados ao Sistema Nacional de Trânsito (SNT) são:

Alhandra, Aroeiras, Barra de Santana, Bayeux, Cabedelo, Cajazeiras, Campina Grande, Fagundes, João Pessoa, Lagoa Seca, Mamanguape, Monteiro, Patos, Piancó, Pitimbu, Pombal, Salgado de São Félix, Santa Helena, Santa Rita, São Mamede, Sapé, Serraria, Soledade, Sousa, Queimadas.

Já os municípios que estão em processo de adesão ao Sistema Nacional de Trânsito (SNT) são:

Conde, Rio Tinto, Alagoa Grande, Esperança, Solânea, Pedras de Fogo, Caapo
rã, Cabaceiras.

Redação 

Compartilhar:
Alaninfo

ALEX GONÇALVES

Alex Gonçalves é radialista DRT4220-PB.Natural de São José de Piranhas, fomado em Letras pela UFCG. Atua no ramo de jornalismo há 15 anos, foi editor repórter do portal Radar Sertanejo durante nove anos.É funcionário público estadual desde 2010 e atualmente apresenta o programa Radar em Alerta na Terra Nova FM.

0 Comentários até agora, adicione o seu