O Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB) julgou irregulares as contas de 2013, do ex-secretário de saúde de Cajazeiras, Henry Witchael Dantas Moreira, que gerenciou o Fundo Municipal de Saúde na gestão da ex-prefeita Denise Albuquerque.

Ao ex-secretário e a ex-prefeita foi aplicada uma multa individual no valor de R$ 2 mil, correspondente a 44,19 Unidades Fiscais de Referências do Estado da Paraíba – UFRs/PB da época.
A corte de contas que havia julgada as contas de 2013 da ex-prefeita Denise regular, porém, com ressalvas, apontou diversas irregularidades praticadas pelo senhor Henry Witchael, culminando na reprovação das contas, e só no dia 28 de fevereiro de 2018, foi julgado e negado um Recurso de Reconsideração interposto pelo ex-gestor da saúde.

As irregularidades apontadas pelo TCE na gestão do ex-secretário de saúde foram: a) déficit na execução orçamentária na quantia de R$ 608.675,82; b) subcontratação indevida na locação de veículos; c) realização de dispêndios sem licitação no total de R$ 24.092,98; d) locações de imóveis sem formalizações de procedimentos de dispensas na importância de R$ 60.000,00; e) não escrituração de despesas com pessoal no valor estimado de R$ 115.399,10; f) insuficiência de informações disponibilizadas no portal da transparência; e g) não envio dos balancetes mensais ao Parlamento local.
 
Tribuna
Blog do Silvano Dias

Compartilhar:
Alaninfo

ALEX GONÇALVES

Alex Gonçalves é radialista DRT4220-PB.Natural de São José de Piranhas, fomado em Letras pela UFCG. Atua no ramo de jornalismo há 15 anos, foi editor repórter do portal Radar Sertanejo durante nove anos.É funcionário público estadual desde 2010 e atualmente apresenta o programa Radar em Alerta na Terra Nova FM.

0 Comentários até agora, adicione o seu