Diabéticos da microrregião de Cajazeiras que compreende ao menos 15 cidades denunciam a frequente falta da insulina Asparte (NovoRapid® junto ao Cedmex, da Secretaria de Saúde do Estado, na Nona Regional de saúde de Cajazeiras.  

Esse remédio é indicado  para o tratamento de diabetes mellitus tipo 2 (em adultos) e tipo 1 (em crianças), e que não pode ter seu tratamento interrompido, sob risco de agravamento do quadro clínico.

“É um descaso total do Governo do estado com os diabéticos” disse ao Tribuna um paciente. A insulina está em falta na Nona Regional há mais de cinco meses, quem precisa do medicamento tem que desembolsar cerda de R$ 44 por unidade (canetinha).

Portadores da doença que precisam dos dois tipos de insulina recebem apenas a do tipo LANTUS. Segundo os servidores da gerência de saúde de Cajazeiras não há previsão para a chegada da Novo Rapid. 

Por Redação 

Compartilhar:
Alaninfo

ALEX GONÇALVES

Alex Gonçalves é radialista DRT4220-PB.Natural de São José de Piranhas, fomado em Letras pela UFCG. Atua no ramo de jornalismo há 15 anos, foi editor repórter do portal Radar Sertanejo durante nove anos.É funcionário público estadual desde 2010 e atualmente apresenta o programa Radar em Alerta na Terra Nova FM.

0 Comentários até agora, adicione o seu