Prevendo a continuidade da crise econômica no país, alguns prefeitos e prefeitas dos 5.570 municípios no Brasil, resolveram enxugar a folha, cortando gasto e reduzido o valor dos contratos com prestadores de serviços, reduzindo o quantitativo com cargos comissionados entre outros fatores responsáveis pelo aumento na folha de pagamentos desses municípios.

Em Poço José de Moura, pequena cidade do sertão do estado, com cerca de 3.978 pessoas, a atual prefeita, Aurileide Egídio, caminha em sentido contrário: mantém uma lista com 126 comissionados e contratados, segundo dados do TCE , até o mês de abril.

Pela transparência, atualmente, a Prefeitura de Poço José de Moura  gasta com servidores comissionados e contratados o valor mensal de R$ R$ 176 mil, os dados foram solicitados pelo Tribuna10.  Só nos primeiros quatro meses deste ano [janeiro a abril]  a Prefeitura já gastou com 'apadrinhados' o valor de  aproximadamente R$ 660 mil, segundo o TCE os valores estão aumentando a cada mês, haja vista novos servidores estarem sendo nomeados, sem aprovacão em concurso, público.

Por Edson Amarante 
Notinhas da Política 

Compartilhar:
Alaninfo

ALEX GONÇALVES

Alex Gonçalves é radialista DRT4220-PB.Natural de São José de Piranhas, fomado em Letras pela UFCG. Atua no ramo de jornalismo há 15 anos, foi editor repórter do portal Radar Sertanejo durante nove anos.É funcionário público estadual desde 2010 e atualmente apresenta o programa Radar em Alerta na Terra Nova FM.

0 Comentários até agora, adicione o seu