Não é apenas a maioria da população do Barro, mas também um dos órgãos fiscalizador mais importante do estado, que se embaralha quando o assunto é quem deveria estar governando o município. O atual gestor do Barro, Marquinélio Tavares, obteve a vitória no 'tapetão' contra, Dr. Gerge Feitosa, que teve sua eleição legítima, mas teve seu direito de governar o Barro cerceado na instância superior depois de forte interferência política em favor do atual prefeito.

Com a derrota no tapetão, a maioria da população não digere a decisão que tirou Dr. George do direito de ser o prefeito barrense e, até mesmo alguns órgãos estaduais não conseguiram entender.

O fato mais recente foi um parecer sobre a avaliação das contas de 2012 do então prefeito, Marquinélio Tavares, enviado pelo Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE)  para ser apreciado pela Câmara de vereadores do Barro. O documento que deveria ser endereçado ao atual prefeito, foi enviado para Dr. George Feitosa.

O que chama atenção é que até membros do TCE do Ceará ainda custam entender a manobra que tirou de, Dr. George, o direito de administrar o Barro depois da sua legítima eleição na campanha passada. 

Por Alex Gonçalves 
Notinhas da Política 

Compartilhar:
Alaninfo

ALEX GONÇALVES

Alex Gonçalves é radialista DRT4220-PB.Natural de São José de Piranhas, fomado em Letras pela UFCG. Atua no ramo de jornalismo há 15 anos, foi editor repórter do portal Radar Sertanejo durante nove anos.É funcionário público estadual desde 2010 e atualmente apresenta o programa Radar em Alerta na Terra Nova FM.

0 Comentários até agora, adicione o seu