A Prefeitura Municipal  do Barro, interior cearense, em junho deste ano,  licitou valor  para aquisição de lanches, doces, salgados e refeições (quentinhas). O valor da licitação foi de R$ 191.300 (cento e noventa e um mil e trezentos reais) 

As guloseimas, de acordo com a licitação, devem atender às necessidades de algumas secretarias municipais  É importante ressaltar que os alimentos em nada têm a ver com o cardápio da merenda escolar dos estudantes do Barro que diga-se de passagem, anda longe de ter essa qualidade e diversidade toda. 

Considerando que uma quentinha é vendida ao preço médio de R$ 10, o dinheiro direcionado à compra de todos os itens compraria, inacreditáveis, 19.100 mil quentinhas. Muito embora a licitação seja uma estimativa de gastos, ficando a cargo da gestão municipal adquirir a totalidade ou não dos produtos licitados. Uma coisa todos temos que concordar, a conta para o contribuinte do Barro está sendo indigesta.
 
A empresa vencedora está em Nome: CÍCERO CLÉBIO DA SILVA PEREIRA - ME. O que chama atenção são as variades de comidas de primeira qualidade como: mussarela, presunto, tapioca, e pão carioca. Enquanto isso, a populacão, mais pobre do barro, vive momentos difíceis por falta de serviços básicos na gestão do prefeito, Marquinélio Tavares. Veja nota.

Por Alex Gonçalves 
Notinhas da política 

Compartilhar:
Alaninfo

ALEX GONÇALVES

Alex Gonçalves é radialista DRT4220-PB.Natural de São José de Piranhas, fomado em Letras pela UFCG. Atua no ramo de jornalismo há 15 anos, foi editor repórter do portal Radar Sertanejo durante nove anos.É funcionário público estadual desde 2010 e atualmente apresenta o programa Radar em Alerta na Terra Nova FM.

0 Comentários até agora, adicione o seu