Após denúncias de pais de alunos abriu-se um debate na sociedade sobre a qualidade da merenda escolar ofertada nas escolas municipais do Barro-CE. Neste domingo (23),  setores da imprensa do vizinho estado da Paraíba denunciaram a péssima qualidade da merenda servida aos estudantes da rede municipal de ensino do Barro.

O debate foi à tona quando o vereador, Dum Dum (PTB)  e líderes comunitários estiveram na rádio Boa Esperança, no sábado (22), para levar ao ar o constrangimento em que passa os cerca de 2.700 alunos [dados do IBGE] do ensino fundamental  da rede municipal de ensino.

O vereador ainda disse que para o Barro o Ministério da Educação destina R$ 100 mil por dia para a compra de merenda de qualidade, mas a verba não estaria sendo utilizada para a finalidade.

Para a maioria, a merenda é a primeira refeição do dia, especialmente para aqueles residentes em lugares distantes das escolas, obrigados a sair de casa antes das 5 horas da manhã para embarcar no transporte escolar. 


Conforme  relatos, os alunos do ensino fundamental do Barro estariam sendo alimentados com banana e chá de capim santo. Outra denúncia feita por um pai de aluno de uma escola do sítio Riachão é que os alimentos perecíveis como verduras, por exemplo, estariam sendo mal acondicionados e servido estragados aos alunos. “Esses alimentos são guardados até por 90 dias,” Disse o pai de um aluno de uma escola  do sítio Riachão.

A falta de ingredientes para preparar uma merenda escolar balanceada, que deveria inclusive incluir frutas e verduras, já foi comunicada ao prefeito Marquinélio Tavares (DEM), que assim tenta se isentar de responsabilização no futuro, caso haja algum questionamento sobre a qualidade das refeições pelo Ministério Público ou órgãos de fiscalização.

O Programa Nacional de Merenda Escolar recomenda, por exemplo que os municípios devem oferecer aos alunos, no mínimo, três porções de frutas e hortaliças por semana (200g/aluno/semana) o que anda longe de ser a realidade  da gestão Marqueinélio no município do Barro, Ceará. 

Tribuna10
Redação 

Compartilhar:
Alaninfo

ALEX GONÇALVES

Alex Gonçalves é radialista DRT4220-PB.Natural de São José de Piranhas, fomado em Letras pela UFCG. Atua no ramo de jornalismo há 15 anos, foi editor repórter do portal Radar Sertanejo durante nove anos.É funcionário público estadual desde 2010 e atualmente apresenta o programa Radar em Alerta na Terra Nova FM.

0 Comentários até agora, adicione o seu