O Governo do Estado está apto a contrair empréstimo de US$ 126,8 milhões do Banco Mundial. O recurso será investido em obras que visam melhorar a gestão hídrica na Paraíba, aumentando a disponibilidade de água na Região do Semiárido e melhorando a qualidade dos serviços de gestão e saneamento na Região Metropolitana de João Pessoa.

A ação vai beneficiar toda a população da Paraíba, especialmente as regiões do Agreste e Curimataú, que irão receber água de qualidade por meio do Sistema Adutor Transparaíba, atendendo 27 municípios. O Projeto de Segurança Hídrica contemplará ainda a reestruturação da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) e da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), bem como permitirá o reordenamento do esgoto de João Pessoa, ampliando a capacidade de tratamento da Cagepa na Capital.

A secretária executiva da Infraestrutura e dos Recursos Hídricos, Virgiane Melo, que também é coordenadora do projeto, citou que este levou 11 meses para ser concluído. A próxima etapa é aguardar os trâmites do Governo Federal, que irá encaminhar ao Senado o pedido do empréstimo.
A assinatura do contrato está prevista para o primeiro semestre, e início das obras ainda no segundo semestre de 2019.

“Com isso, iniciaremos a execução de um projeto que vai melhorar a segurança hídrica e promover a eficiência e expansão dos serviços de água no Estado”, ressaltou Virgiane. Para o diretor do Banco Mundial para o Brasil, Martin Raiser, a expansão e a modernização dos serviços são essenciais para melhorar não apenas a qualidade de vida da população, mas também o desenvolvimento do Estado.

Tribuna
Fonte: PBAgora

Compartilhar:
Alaninfo

ALEX GONÇALVES

Alex Gonçalves é radialista DRT4220-PB.Natural de São José de Piranhas, fomado em Letras pela UFCG. Atua no ramo de jornalismo há 15 anos, foi editor repórter do portal Radar Sertanejo durante nove anos.É funcionário público estadual desde 2010 e atualmente apresenta o programa Radar em Alerta na Terra Nova FM.

0 Comentários até agora, adicione o seu