O magistrado do Juizado Especial Cível da 1ª Vara Mista da Comarca de São João do Rio do Peixe/PB, através do processo nº 0800264-41.2017.815.0051, condenou a prefeita de Poço de José de Moura, a reparar os danos morais causados ao seu opositor nas eleições do ano de 2016. A mesma terá de pagar a quantia de R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais) a título de indenização.
ENTENDA O CASO:

A prefeita Aurileide Egídio de Moura, em 08/10/2016, durante sua participação no Programa Questão de Ordem, apresentado pelo vereador Geraldo Wilson de Andrade, atingiu diretamente a honra do então candidato no último pleito, Luís Anacleto Cabral, proferindo acusações que desabonaram a conduta do seu concorrente. Na mesma oportunidade, a entrevistada também denegriu a imagem do vereador Chico Canuto (MDB) e da vereadora Aurélia Anacleto (PT), ambos ajuizaram ação no mesmo sentido, tramitando nos JECíveis da 1ª e 2ª vara, respectivamente.

O juiz também condenou a prefeita ao pagamento de R$ 2.000,00 (dois mil reais) ao vereador Francisco José da Silva (Chico Canuto), através do processo nº 0800265-26.2017.815.0051, pelo mesmo ato. As decisões cabem recurso.

Pendente de julgamento, o processo nº 0800266-11.2017.815.0051, que tramita no JECível da 2ª Vara de São João do Rio do Peixe/PB, tendo como autora a vereadora Aurélia, que busca também reparar os danos morais causados pela prefeita. A decisão poderá sair brevemente.

Tribuna
Via-click cz

Compartilhar:
Alaninfo

ALEX GONÇALVES

Alex Gonçalves é radialista DRT4220-PB.Natural de São José de Piranhas, fomado em Letras pela UFCG. Atua no ramo de jornalismo há 15 anos, foi editor repórter do portal Radar Sertanejo durante nove anos.É funcionário público estadual desde 2010 e atualmente apresenta o programa Radar em Alerta na Terra Nova FM.

0 Comentários até agora, adicione o seu