A farra das nomeações de ‘apadrinhados' políticos chama a atenção na Prefeitura de Uiraúna, cidade localizada no sertão da Paraíba. O número de servidores nomeados, sem aprovação em concurso público, aumenta a cada dia sob o aval do prefeito, João Bosco Fernandes (PSDB).  As nomeações de contratados, por interesse público e comissionados,  aumentaram de forma gigantesca neste ano de 2019.
 
Levantamento  feito pelo portal Tribuna, por meio do Tribunal de Contas do Estado, aponta que o prefeito uiraunense empregou, durante os meses de janeiro e fevereiro deste ano, pelo menos 74 servidores por indicação política. Em janeiro a prefeitura tinha 100 servidores comissionados e passou para 107 em fevereiro. Já os contratados, por excepcional interesse público, eram 38 em janeiro, mas passou para 97 em fevereiro. Por mês, a prefeitura paga, a estes servidores, a quantia de R$ 292.753. Os funcionários efetivos municipais em Uiraúna são apenas 232, dados contabilizados até fevereiro. 

Diárias – Outro dado que chama atenção são os altos valores gastos, em diárias, autorizados pelo prefeito, João Bosco. Durante os meses de janeiro a março deste ano já foram gastos RS 13.695 mil.   

Por, Tribuna
13/04/2019* às 09h17-Atualizada há 14 minutos 

Compartilhar:
Alaninfo

ALEX GONÇALVES

Alex Gonçalves é radialista DRT4220-PB.Natural de São José de Piranhas, fomado em Letras pela UFCG. Atua no ramo de jornalismo há 15 anos, foi editor repórter do portal Radar Sertanejo durante nove anos.É funcionário público estadual desde 2010 e atualmente apresenta o programa Radar em Alerta na Terra Nova FM.

0 Comentários até agora, adicione o seu