A  prefeita  de Poço José de Moura, sertão do estado, Aurileide Egídio, voltou a protagonizar novos atos que desgastam a sua política e repercutem, negativamente, no seu governo. Desta vez a vítima foi uma vereadora do município.

Segundo repercute na imprensa,  a vereadora Werlayne Quaresma, solicitou da prefeita melhoria em um esgoto que estava à ceu aberto na cidade e, a gestora respondeu, em tom irônico, mandando a parlamentar colocar perfume para passar o mal cheiro. "Passe perfume que o mal cheiro acaba" teria dito a prefeita. A resposta da chefe do poder executivo feriu a integridade da vereadora que não poupou duras críticas a Aurileide.  Werlayne obteve a 1ª colocação no município nas eleições de 2016. Ela foi eleita com 513 votos. 

Condenaçao- Há poucos dias a gestora foi condenada a pagar uma pequena indenização para reparar danos, morais causados, ao seu opositor nas eleições do ano de 2016. Ela  foi obrigada a pagar R$ 2.500 (dois mil e quinhentos reais) a título de indenização ao ex-candidato a prefeito, Luiz Anacleto.

Polêmicas- A polêmica que envolve Aurileide e Werlayne, não ficaram apenas no campo verbal, mas pode render à prefeita um prejuízo enorme. Segundo a vereadora, além dela, mais três parlamentares estão insatisfeitos com a prefeita, Dr. Francisco Reginaldo, Marcos Gabriel e Antônio Pedro. Os vereadores, insatisfeitos, não descartam rompimento.
 
Repercussão- Ultimamente, a prefeita de Poço José de Moura vem se destacando, não pela administração, mas por polêmicas com radialistas da região e políticos da sua terra. 

Por Tribuna
16/04/2019*às 14h36- Atualizada   

Compartilhar:
Alaninfo

ALEX GONÇALVES

Alex Gonçalves é radialista DRT4220-PB.Natural de São José de Piranhas, fomado em Letras pela UFCG. Atua no ramo de jornalismo há 15 anos, foi editor repórter do portal Radar Sertanejo durante nove anos.É funcionário público estadual desde 2010 e atualmente apresenta o programa Radar em Alerta na Terra Nova FM.

0 Comentários até agora, adicione o seu