O juiz Mathwes Francisco Rodrigues do Amaral, do Primeiro Juizado Especial Misto da comarca de Sousa, Sertão paraibano, arquivou uma ação movida pelo prefeito de Sousa, Fábio Tyrone Braga (PSB) contra o jornalista Thalles de Sá Gadelha. “Extinta a punibilidade por decadência ou perempção” informa a movimentação processual.

O processo que apurara supostas práticas de calúnia, injúria e difamação, chegou ao fim na última sexta-feira (10), sem o julgamento do mérito, tendo em vista que o autor da ação deixou de comparecer a audiência previamente agendada.
Fábio Tyrone afirmou na petição inicial que durante programa de rádio apresentado semanalmente, Thalles Gadelha teria feito comentários que atingiram a sua honra. Já o apresentador, sustenta que as informações prestadas não ultrapassaram o cunho meramente jornalístico.

Na decisão, o juiz levou em conta a ausência do prefeito em uma audiência que já havia sido adiada do dia 19 de fevereiro para o dia 09 deste mês. “Ressalto que, na colisão de compromissos designados para a mesma data, a ordem natural é desmarcar o agendado por último, e não o primeiro, ainda mais quando em desprestígio ao Poder Judiciário”, decidiu o magistrado.

Tribuna
Via- blogdolevidanta- Deixe seu comentário abaixo da notícia 

Compartilhar:
Alaninfo

ALEX GONÇALVES

Alex Gonçalves é radialista DRT4220-PB.Natural de São José de Piranhas, fomado em Letras pela UFCG. Atua no ramo de jornalismo há 15 anos, foi editor repórter do portal Radar Sertanejo durante nove anos.É funcionário público estadual desde 2010 e atualmente apresenta o programa Radar em Alerta na Terra Nova FM.

0 Comentários até agora, adicione o seu