A tradição não pode parar. Foi  esta a afirmação que o prefeito de Bonito de Santa Fé, Chico Pereira (PSB), fez em relação à festa do padroeiro Santo Antonio, confirmada para o dia 12 de junho. O evento que é considerado o São João antecipado da região, acontece em praça pública e reúne anualmente milhares de pessoas da região e filhos de Bonito de Santa Fé que moram em outros locais da Paraíba e estados vizinhos.

A comissão responsável pela organização da festa está ultimando os preparativos para deixar a cidade em clima de festa junina, tendo como palco principal a praça central que será toda ornamentada e revestida pelo colorido das tradicionais festas juninas e com requintes do principal homenageado dos bonitenses, Santo Antonio.

As atrações musicais ainda não foram divulgadas, mas o prefeito Chico Pereira adiantou, ao Tribuna, que o evento terá atrações a custo compatível com o orçamento da Prefeitura para que a administração não corra riscos de comprometer os serviços essenciais e o pagamento dos servidores.

Peculiaridades - A festa de santo Antonio, em Bonito de Santa Fé, além de cultivar as tradicões regionais, tem suas peculiaridades também na política. A noite da festa costuma reunir  muitas lideranças políticas locais que formam verdadeiros contrastes partidários, orquestrados  em meio à multidão.

Este ano, as lideranças que formam a base do governo municipal que tem como figura principal o prefeito, Chico Pereira, articulam a formação da tradicional  corrente gigantesca formada por mesas e cadeiras enfileiradas que tem, como principal objetivo,  mostrar a união e o fortalecimento do grupo para as próximas eleições.

Oposicão- Diferente do bloco de  situação, este ano o grupo de oposição bonitense não deve conotar  força política durante o evento, haja vista o “esfacelamento” de lideranças que resolveram partir em  faixa própria em busca de suas pré-candidaturas à Prefeitura. Devido  ao desgaste da oposição, pelo menos cinco nomes, que são contrários ao governo municipal,  já colocaram seus nomes na rua e  a junção do bloco oposicionista, a cada dia parece mais improvável.

Por, Alex Gonçalves
Editoria política- 08/05/2019* às 05h07
Atualizada há 20 minutos 

Compartilhar:
Alaninfo

ALEX GONÇALVES

Alex Gonçalves é radialista DRT4220-PB.Natural de São José de Piranhas, fomado em Letras pela UFCG. Atua no ramo de jornalismo há 15 anos, foi editor repórter do portal Radar Sertanejo durante nove anos.É funcionário público estadual desde 2010 e atualmente apresenta o programa Radar em Alerta na Terra Nova FM.

0 Comentários até agora, adicione o seu