Do Tribuna10, em Cajazeiras 
Redação

O ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), alvo de mandado de prisão preventiva no âmbito da Operação Calvário – Juízo Final, está fora do país e teve seu nome incluído na difusão vermelha da Interpol.

Como registramos mais cedo, 350 policiais cumprem agora de manhã 54 mandados de busca e apreensão e 17 mandados de prisão nos estados da Paraíba, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, Goiânia e Paraná.

PF e Ministério Público investigam esquema de desvio de recursos públicos destinados aos serviços de saúde na Paraíba, “por meio de fraudes em procedimentos licitatórios e em concurso público, corrupção e financiamento de campanhas de agentes políticos, bem como superfaturamento em equipamentos, serviços e medicamentos”.

Segundo a PF, teriam sido desviados R$ 134,2 milhões, dos quais mais de R$ 120 milhões destinados a agentes políticos e a campanhas eleitorais de 2010, 2014 e 2018.

Suposto desvio
A "Calvário", que conta com o apoio da Controladoria Geral da União e do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público da Paraíba (MPPB) e da Controladoria Geral da União (CGU), apura desvio de R$ 134,2 milhões dos cofres paraibanos. Segundo a PF, mais de R$ 120 milhões teriam sido destinados a agentes políticos e às campanhas eleitorais de 2010, 2014 e 2018.

Compartilhar:
Alaninfo

ALEX GONÇALVES

Alex Gonçalves é radialista DRT4220-PB.Natural de São José de Piranhas, fomado em Letras pela UFCG. Atua no ramo de jornalismo há 15 anos, foi editor repórter do portal Radar Sertanejo durante nove anos.É funcionário público estadual desde 2010 e atualmente apresenta o programa Radar em Alerta na Terra Nova FM.

0 Comentários até agora, adicione o seu