Decreto considera que a situação  demanda precaução urgente 
Por Alex Gonçalves
Do Tribuna10, em Cajazeiras 
18/03/2020  às 08h31-Atualizada há 14 minutos 
Siga o Instagram: @tribuna.10


A Prefeitura de São José de Piranhas  decretou estado de emergência em saúde pública em decorrência da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). O decreto nº. 128 de 17 de março de 2020 , assinado pelo prefeito, Chico Mendes (Cidadania)  foi publicado no Diário oficial do Município (DOM) desta quarta-feira (18).

O decreto considera que a situação atual demanda o urgente emprego de medidas de prevenção, controle e contenção de riscos, danos e agravos à saúde pública, a fim de evitar a disseminação da doença no município.

Leia Decreto
Considerando a existência de um boato sobre uma paralisação dos servidores públicos municipais da saúde de São José de Piranhas no dia 18 de março de 2020, a SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE vem esclarecer que:Conforme o DECRETO MUNICIPAL Nº 128, DE 17 DE MARÇO DE 2020, foi decretado estado de emergência no município, com medidas de prevenção e combate à epidemia provocada pelo novo coronavírus (COVID-19);
1. Toda a equipe de saúde do município foi convocada para trabalhar diante do quadro emergencial, havendo, inclusive, suspensão de férias, licenças sem vencimentos e folgas já concedidas e vedação de novas concessões até ulterior deliberação;
2. O momento é de união entre a Administração Pública e os cidadão de forma geral, a fim de combater a proliferação de uma doença que pode ter efeitos graves e em larga escala caso não sejam adotadas as medidas de prevenção necessárias;
3. A Administração Pública municipal vem arcando rigorosamente em dia com suas obrigações, realizando os pagamentos de salários de servidores de todas as áreas, incluindo a saúde;
*4. De forma independente, não é possível a paralisação de serviços públicos essenciais, sobretudo em um momento de EMERGÊNCIA DE SAÚDE PÚBLICA, sendo mantida a prestação dos serviços integral ao atendimento das necessidades inadiáveis da comunidade;*
 5. Caso seja mantida a proliferação de boatos que acentuam a disseminação de uma situação de temor desnecessário em um momento delicado, no qual se precisa da colaboração de toda a comunidade, serão adotadas as medidas cabíveis para identificação e responsabilização administrativa, cível e criminal.

Compartilhar:
Alaninfo

ALEX GONÇALVES

Alex Gonçalves é radialista DRT4220-PB.Natural de São José de Piranhas, fomado em Letras pela UFCG. Atua no ramo de jornalismo há 15 anos, foi editor repórter do portal Radar Sertanejo durante nove anos.É funcionário público estadual desde 2010 e atualmente apresenta o programa Radar em Alerta na Terra Nova FM.

0 Comentários até agora, adicione o seu