Religioso morreu na tarde desta terça-feira (14).
Por Alex Gonçalves, Redação 
Conteúdo: Diário do Nordeste 

Exame comprovou que o arcebispo emérito da Paraíba, Dom Aldo Pagotto, morreu devido à Covid-19. A informação foi divulgada pela assessoria da Arquidiocese da Paraíba, nesta quarta-feira (15). O religioso morreu na tarde desta terça-feira (14). Ele estava internado em unidade de terapia intensiva (UTI) em um hospital de Fortaleza. Dom Aldo di Cillo Pagotto tinha 70 anos e atuava no ministério no Santuário São Benedito, no Centro da Capital cearense.

O corpo de Dom Aldo Pagotto, que estava mantido em câmara fria até a divulgação do resultado do exame, seguiu direto do hospital para o mausoléu do santuário. Em comunicado dos Sacramentinos, foi informado que a celebração de sepultamento que estava programada foi cancelada após orientação médica.

Arcebispo emérito da Paraíba, Dom Aldo tinha 70 anos e enfrentava um câncer. Natural de São Paulo, tinha fortes laços com o Ceará. Encerrou o ciclo de evangelização em Fortaleza com passagens anteriores por Sobral, na Região Norte, além do estado da Paraíba.

Trajetória
O religioso nasceu no dia 16 de setembro de 1949 em Santa Bárbara D’Oeste (SP). Durante a preparação para a vida sacerdotal, Dom Aldo estudou filosofia e teologia no Seminário Diocesano Nossa Senhora do Rosário, em Caratinga (MG) e no Seminário São Pio X.

Em 7 de dezembro de 1977, foi ordenado presbítero. Vinte anos mais tarde, em 31 de outubro de 1997, recebeu o título de bispo por Dom Cláudio Hummes, à época, arcebispo de Fortaleza.

Ainda em 1997, Dom Aldo esteve à frente da Diocese de Sobral, onde permaneceu até 2004. De acordo com a Arquidiocese de Fortaleza, em sua gestão no município, ele ordenou 11 padres e trabalhou pela criação dos cursos de Direito e Medicina.

Ao deixar a cidade cearense, o religioso mudou-se para João Pessoa, na Paraíba. Lá, ele esteve à frente da igreja católica por 12 anos. Dom Aldo deixou o cargo em 2016 alegando problemas de saúde. Desde então, atuou em Fortaleza.

Compartilhar:
Alaninfo

ALEX GONÇALVES

Alex Gonçalves é radialista DRT4220-PB.Natural de São José de Piranhas, fomado em Letras pela UFCG. Atua no ramo de jornalismo há 15 anos, foi editor repórter do portal Radar Sertanejo durante nove anos.É funcionário público estadual desde 2010 e atualmente apresenta o programa Radar em Alerta na Terra Nova FM.

0 Comentários até agora, adicione o seu