Por Alex Gonçalves 
Do Tribuna10, em Cajazeiras  
Publicada em 28/04/2020  às 21h58

Enquanto a Cagepa e Energisa  colaboram com a população e seguem a determinação de um decreto do governo do estado e da prefeitura de Cajazeiras que proíbem o corte de fornecimento de água e energia, algumas empresas de internet, em Cajazeiras, descumprem o decreto  número 01/ de março de 2020 assinado pelo prefeito, José Aldemir (PP) e cortam o fornecimento dos serviços.

Nesta segunda-feira (27) uma cliente que  pediu para não ser identificada, disse ao Tribuna10 que sua internet foi suspensa. Ela revela que estava com dois meses de atraso devido a problemas financeiros ocasionados pela instabilidade causada pelo coronavírus.

O serviço só foi regularizado quando ela conseguiu pagar o valor referente ao período. Ela informou que é cliente da empresa Net Line em Cajazeiras e avisou que vai procurar  órgãos competentes  e denunciar o caso às autoridades. "Paguei o valor mesmo sem puder porque meus filhos precisam de internet para estudar, tomei  dinheiro emprestado, mas vou procurar quem de direito e denunciar". disse ela.

Compartilhar:
Alaninfo

ALEX GONÇALVES

Alex Gonçalves é radialista DRT4220-PB.Natural de São José de Piranhas, fomado em Letras pela UFCG. Atua no ramo de jornalismo há 15 anos, foi editor repórter do portal Radar Sertanejo durante nove anos.É funcionário público estadual desde 2010 e atualmente apresenta o programa Radar em Alerta na Terra Nova FM.

0 Comentários até agora, adicione o seu